Programas de alfabetização lá em casa

           “O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta sexta-feira, dados indicadores de que as regiões Sul e Sudeste concentram todas as instituições de ensino avaliadas com conceito 5 no país. A nota é considerada o percentual máximo do Índice Geral de Cursos (IGC), que mede a qualidade do ensino superior brasileiro.”
Surpresas? Não, já que todos nós sabemos que a economia do país se concentra nesse eixo, não surpreende que os maiores investimentos e os melhores resultados estejam lá.
           Outro fato interessante foi a reprovação de dezessete cursos de medicina. As vagas desses cursos serão suspensas e as universidades terão um ano para “melhorar”. Se o MEC, que, convenhamos, não deve ter lá os mais criteriosos e rígidos métodos de avaliação, o que se pode esperar dessas faculdades que vomitam graduados numa velocidade espantosa e interminável? E o pior de tudo é que não existe uma prova de aptidão para o exercício da medicina; esses alunos formados por universidades como essas dezessete... a demanda os absorve!
           Vale destacar que a Universidade Federal de Goiás (UFG) foi considerada uma das vinte melhores do país, recebendo nota máxima no método de avaliação. Pois então, matem-se de estudar, aspirantes ao curso mais concorrido do estado.
           A posição de melhor universidade pública, no geral, ficou com a Unicamp, Universidade Estadual de Campinas, que, ainda assim, ficou atrás de três outras instituições particulares.

E quanto à famigerada greve na Usp? Alguém tem coragem de se manifestar a respeito?
É claro que ali há baderneiros e maconheiros e até traficantes que só querem a retirada da PM de dentro do Campus para facilitar suas atividades obscuras. Mas eu não consigo afirmar que é realmente essa a força motriz do movimento.
A mídia anda fazendo um competente trabalho na tentativa de marginalizar cada um dos manifestantes e aplaudir as respostas enérgicas do estado. Não sou daqueles que acreditam em conspiração Illuminatti, mas a verdade é que a globo e suas congêneres são a pior merda rala e parcial desse país. Informação, mesmo no lindo tempo da globalização, continua difícil.
Narcotraficantes ou jovens em busca de liberdade?

Um comentário:

  1. e ainda tem gente que fica falando merda da UFG... né, Marco?

    ResponderExcluir